12.3.09

Trabalhos realizados pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Arronches

DEVASTAÇÃO

Na mata, no ar, em toda a terra
o meio ambiente está deplorável
perdendo a sua beleza admirável
mais algum tempo e se encerra

Até o grande mar, brada e berra
chamando-nos a essa realidade
até a Natureza nos pede piedade
antes que aconteça uma guerra
que tudo, tudo poderá devastar
e que a humanidade terá que enfrentar

Escrito por Sueli do Espírito Santo

Candeias

No dia 2 de Fevereiro comemora-se o dia de Nossa Senhora das Candeias, também conhecida como Nossa Senhora da Luz, o nome da Padroeira desta Escola.
Inserido no programa das comemorações do dia da Padroeira, o Departamento de Expressões, na disciplina de Educação Visual, propôs aos alunos do nono ano a criação de objectos artísticos que simbolizassem candeias.
As candeias foram feitas a partir da reutilização de materiais, onde se fez uma abordagem plástica que tem a ver com a produção do objecto artístico criando a assemblagem (arte conceptual em que se parte de uma ideia para chegar ao produto final) e a escultura ready-made (processo simplificado que cria peças a partir de materiais diversos a que se atribui um novo sentido).





Rosa-dos-Ventos Ecológica

“A preocupação com as localizações no espaço é uma das características da curiosidade geográfica; especificar a localização com precisão é uma das principais regras do nosso jogo.” Peter Haggett in Espaço Geo – 7.º Ano, Edições ASA.
Constituindo a localização dos lugares uma tarefa fundamental da Geografia, foi proposto aos alunos do sétimo ano, no âmbito das disciplinas de Geografia, Educação Tecnológica, Ciências Físico-Químicas e Área de Projecto, um desafio ecológico – A construção de Rosas-dos-Ventos a partir de materiais reutilizáveis, que seriam alvo de um posterior concurso.
Dando largas à criatividade ecológica dos alunos surgiu o seguinte trabalho…


Rosas-dos-Ventos criadas pelos alunos.



Rosa-dos-Ventos Vencedora – Daniela Miranda – 7.º A
Uma criação em forma de espanta espíritos com cartão, tecido, lã e madeira.



2.º Lugar – Nádia Castanho – 7.º B
Uma rosa-dos-ventos em forma de bota com esferovite, lã e recortes que cativou pela sua simplicidade.

3.º Lugar – Daniela Miranda – 7.º A
Uma rosa-dos-ventos giratória feita com tampas de garrafas de água, tecido e massas.

Prémio Reciclagem – André Rego – 7.º B
Uma rosa-dos-ventos feita com tiras de jornais e revistas, garrafas de água, um trabalho simples e criativo.

Prémio Reciclagem – Vera Vaz – 7.º A
Um trabalho que utilizou papelão, cascas de ovo, aparas de lápis, papel, sementes e lã, mostrando simplicidade criativa.

Menção Honrosa – João Pedro – 7.º B
Um trabalho criativo e simples que representa o Homem, na sua construção foi utilizada esferovite, cartão e papel de jornal e revista.

Menção Honrosa – João António Caldeira – 7.º A
Esta criação surge a partir de um pacote de leite, recortes de jornal, palitos e tampas de garrafas de água, apresentando originalidade e criatividade na estrutura e no jogo de cores feito.

Menção Honrosa – Nídia Castanho – 7.º B
Este é um trabalho criativo e original, sendo concebido a partir de um garrafão de água, tampas de garrafas e cartões publicitários.

Menção Honrosa – Carolina Santos – 7.º A

A aluna no seu trabalho apostou em restos de peças decoração, madeira, papelão e linha.

"Espírito de Natal"

Estamos num momento crítico da história da Terra (…) A escolha é nossa: formar uma aliança global para cuidar da Terra (…) Gerir o uso de recursos renováveis como a água, o solo, os produtos florestais… de uma forma que não ultrapasse as taxas de regeneração e que protejam a saúde dos ecossistemas.”
Considerando a quadra natalícia, uma época em que por todo o mundo se regista uma correria para a aquisição do pinheiro de natal, sobrepondo-se interesses que não os princípios da conservação da natureza, o Departamento de Expressões do Agrupamento de Escolas de Arronches, lançou um concurso de árvores de Natal cujo tema foi “Espírito de Natal”, em que os alunos tinham de reflectir sobre o significado de vários conceitos alusivos ao tema.
O concurso teve como objectivos, incentivar a criatividade e originalidade na construção de uma árvore de natal, recorrendo à reutilização e reaproveitamento de materiais, e levar à promoção da Política dos 3R`s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar). Sempre numa perspectiva de empreendedorismo rumo ao desenvolvimento sustentável, as várias escolas do Agrupamento responderam com criatividade, sensibilidade e visão ecológica…

Agrupamento de Escolas de Arronches, EB1 da Esperança.

Neste trabalho o Espírito de Natal manifesta-se através das mãos que simbolizam sentimentos de Paz, Partilha e Esperança num Mundo melhor.

Agrupamento de Escolas de Arronches, EB1 da Esperança.

O Espírito de Natal encontra-se nos corações que simbolizam o amor e nas mãos que expressam a União e a Paz que deve existir entre os Homens, não só no Natal, mas em todos os outros dias do ano.

Agrupamento de Escolas de Arronches, EB1 do Barulho.

Nesta criação o Espírito de Natal está presente nas crianças, que são o futuro da humanidade, e trazem uma mensagem de Paz e Esperança num mundo melhor.


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 4.º A da EB1 de Arronches

Nesta criação o Espírito de Natal surge sob a forma de reflexão e alerta para os males do Mundo: a Guerra, a Fome, a Opressão, o Medo, a Escravatura… Nesta árvore poderemos ter um sinal para que os homens se unam na tentativa de criar um Mundo mais justo para todos.


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 1.º A da EB1 de Arronches

O Espírito de Natal manifesta-se pela luz das estrelas que do céu iluminam o Homem para que possa ver com mais clareza o caminho do bem.


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 3.º A da EB1 de Arronches

Neste trabalho o Espírito de Natal aparece retratado na história de um menino igual à de tantos outros meninos do mundo… Não têm família, casa ou presentes, mas mesmo assim, esse menino tem todo o direito de ser lembrado não apenas no Natal, mas em todos os dias do ano.

Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 3.º A da EB1 de Arronches.

O Espírito de Natal manifesta-se sob a forma de sentimentos, que são “prendas que não se podem comprar”, mas são mais valiosas do que todas as outras prendas que possam ser comprados num hipermercado qualquer…

Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 7.º A da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz

A Família – O Espírito de Natal também está presente na família, no amor, paz e compreensão que deveria existir em todos os lares…


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 7.º B da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz

O Percurso – No percurso que cada um de nós tem de fazer ao longo da vida também pode estar presente o Espírito de Natal…



Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 8.º A da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz
Os Desejos – O Espírito de Natal também se expressa nos desejos…


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 8.º B da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz

A União – O Espírito de Natal toca o Mundo para a União… Mas será que nos devemos Unir apenas no Natal?


Árvore Vencedora - Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 9.º A da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz
O Abrigo – Uma habitação digna é um direito que assiste a toda a população. Espírito de Natal, é quando nos lembramos daqueles milhões de pessoas que vivem em condições desumanas…


Agrupamento de Escolas de Arronches, turma do 9.º B da EB 2,3 Nossa Senhora da Luz

A Oferta – O Espírito de Natal está presente na oferta, na partilha e na entreajuda.

Pelo que pudemos constatar, o Espírito de Natal está presente nas nossas vidas, não apenas na quadra que fica confinada aquele mês, mas todos os dias… Assim, mesmo desfasado da época consideramos que todos os dias É NATAL...

2 comentários:

Anónimo disse...

Hі therе to all, since I am really eager of
гeading thіѕ blog's post to be updated daily. It includes good information.

Feel free to surf to my weblog :: payday loans

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra acheter
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra
http://precioviagraespana.net/ precio viagra